Objetivos:

  • Identificar os princípios do modo de produção biológico.
  • Reconhecer as técnicas aplicadas no modo de produção biológico.
  • Executar as operações culturais de preparação, manutenção e fertilização do solo, proteção das plantas, rega e colheita, segundo os princípios do modo de produção biológico.
  • Executar as operações de maneio alimentar, sanidade, bem-estar animal e de produção, segundo os princípios do modo de produção biológico.
  • Reconhecer as normas de controlo e de certificação.

Conteúdos:

  • Conceito do modo de produção biológico (MPB) e objectivos
  • Enquadramento do modo de produção biológico a nível europeu e nacional
  • Evolução do modo de produção biológico
  • Princípios de produção biológica nas explorações
  • Legislação específica do modo de produção biológico
  • Preparação do solo segundo os princípios do modo de produção biológico
  • Formas e métodos de drenagem e de conservação do solo
  • Disponibilidade e qualidade da água
  • Fertilidade e fertilização do solo
Importância da matéria orgânica
Actividade biológica do solo
Dinâmica dos nutrientes no solo em Modo de Produção Biológico e sua absorção pelas plantas
Processos de avaliação da fertilidade do solo
Erosão do solo e medidas para o seu controlo
Adições orgânicas - condições de sucesso
Siderações ou adubos verdes
Compostagem
Rotações de culturas
Critérios para a planificação da rotação
Restituições orgânicas das culturas e reciclagem de nutrientes
Consociações de culturas
Cobertura do solo
Colheita de amostras de terra, folhas e água
Fertilizantes do solo - autorizados, excesso de nitratos e plano de fertilização
Rega e fertirrigação

  • Protecção das plantas
    • Fauna auxiliar
      • Características identificativas nas ordens dos artrópodes auxiliares de maior frequência
      • Métodos de quantificação
      • Auxiliares vertebrados
      • Formas de preservação da fauna auxiliar
    • Protecção fitossanitária
      • Princípios gerais e importância da prevenção
      • Selecção dos meios de protecção
      • Regulamentação aplicável aos produtos fitofarmacêuticos
      • Finalidade, eficácia e efeitos secundários dos produtos fitofarmacêuticos
      • Plantas ou extratos com propriedades pesticidas ou repelentes
      • Processos de desinfeção dos solos
  • Protecção das plantas
    • Aplicação dos produtos fitofarmacêuticos
      • Escolha do material de aplicação
      • Calibração dos pulverizadores
      • Cálculos das quantidades de produtos fitofarmacêuticos a aplicar
      • Aplicação dos produtos fitofarmacêuticos em ambiente controlado e ar livre
      • Segurança na aplicação de produtos fitofarmacêuticos
      • Fatores de eficácia/economia de um tratamento
      • Minimização do risco para o aplicador, para o ambiente e para o consumidor dos produtos tratados
      • Boa Prática Fitossanitária na aplicação de produtos fitofarmacêuticos

  • Gestão das adventícias (infestantes)
    • Medidas de controlo
    • Medidas e métodos culturais preventivos (solarização, cobertura do solo, falsa sementeira e outros e métodos curativos)

  • Modo de Produção Biológico de produtos agrícolas de origem vegetal
    • Culturas (aromáticas, arvenses, citrinos, hortícolas, olival, pequenos frutos, pomóideas, prunóideas, vinha e outras)
      • Preparação e manutenção do solo
      • Fertilização
      • Principais pragas
      • Principais doenças
      • Gestão das adventícias

  • Identificação das pragas e doenças mais frequentes
  • Modo de Produção Biológico de animais e de produtos de origem animal
    • Princípios gerais
        •  Ligação à terra
        • Alimentação
        • Sanidade
        • Bem-estar animal
        • Produção
    • Bovinos, ovinos, caprinos e suínos
      • Origem e conversão
      • Alimentação
      • Alojamento e transporte
      • Tratamentos veterinários
      • Práticas de produção
      • Uso e armazenagem de estrumes
    • Aves de capoeiras
      • Origem e conversão
      • Alimentação
      • Alojamento e transporte
      • Tratamentos veterinários
      • Práticas de produção
      • Uso e armazenagem de estrumes
    • Apicultura
      • Origem e conversão de abelhas e apiários
      • Localização dos apiários
      • Tratamentos veterinários
      • Práticas de produção

  • Produtos e matérias-primas utilizáveis
    • Acondicionamento e comercialização
      • Transporte e armazenamento
      • Transformação e acondicionamento
      • Rotulagem dos produtos de modo de produção biológico
      • Comercialização
    • Controlo e certificação do Modo de Produção Biológico
      • Registos a manter pelos operadores
      • Documentos relativos ao Modo de Produção Biológico
    • Conversão para modo de produção biológico
      • Avaliação do estado atual da exploração - fatores favoráveis e desfavoráveis; contaminação do exterior
      • Plano de conversão

Duração: 50 horas


Data de  realização: a definir

Nível 2

Destinatários:
Ativos com idade igual ou superior a 18 anos.
Empregados - Habilitações literárias mínimas: 4º ano (nível 2) e 9º ano (nível 3) e sem restrição para habilitações máximas
Desempregados de Curta Duração (DCD) – habilitações iguais ou superiores ao 12º ano inscritos no IEFP

Gratuita

*Formação Modular para Empregados e Desempregados de Curta Duração
Atribuição de subsídio de alimentação



Inscrições através de formacao@cmcd.pt ou fazendo o seu registo na plataforma